sexta-feira, 1 de julho de 2011

Uma Arte chamada Bingata


Olá leitor(es)!

Acordei hoje e senti vontade de fazer muitas coisas e agora que estou de férias da faculdade, vou aproveitar o tempo pra atualizar tudo que estava atrasado, inclusive o blog.

Então, preparei uma matéria sobre uma Arte chamada Bingata! (acho que poucos conhecem sobre ela. Você conhece?).
Pra falar a verdade, eu mesma conheci ontem! Vi no jornal “Utiná Press” (abril/2011) e achei bem interessante, daí resolvi pesquisar um pouco mais e colocar aqui no blog para vocês também conhecerem.



Um resumo sobre essa arte é que ela é uma técnica artesanal de tingimento em pano exclusiva do reino de Ryukyu e com o seu colorido representa as riquezas desse reino. Geralmente retratam assuntos naturais como: peixes, rios e flores cujos pigmentos e corantes são extraídos de plantas e são aplicados à mão.


Agora que você já sabe um pouco sobre essa técnica, se você também se interessou e quer saber mais, vou falar um pouco do seu surgimento.
A técnica de tingimento em si foi transmitida por países asiáticos, entre os séculos 14 e 16, através de países como a China e a Índia que mantinham grande comércio com a ilha de Okinawa.  Datada do século 14 o surgimento da arte chamada de Bingata, desenvolveu características próprias da ilha de Okinawa que com toda sua exuberância em fauna e flora era um ambiente infinito de imagens para ser retratada através dessa arte.

  
 O processo de fabricação de um kimono com essa técnica leva em torno de quase um mês para ficar pronto, devido as suas várias etapas (10 etapas). Uma dessas etapas é para deixar a coloração vívida, já que todo o seu brilho é para mostrar e refletir o brilho das ilhas do sul.








Uma curiosidade legal que eu achei foram esses sanshins baseados nessa arte.




Encontrei algumas outras coisas legais com Bigata!

Os tempos modernos sem se esquecer do tradicional :D - Link do Site

Feito de biscuit! - Link do blog

Sombrinha com Bingata! - Link do Site

E assim termino mais uma matéria!
Espero que tenha gostado ;D
Arigatooou por ter lido até aqui! haha
Até a próxima. 

- Karina Kaori

Fontes utilizadas:
*http://en.wikipedia.org/wiki/Bingata&ei=M9cNTvmrErS20AGbweTGDg&sa=X&oi=translate&ct=result&resnum=1&ved=0CCcQ7gEwAA&prev=/search%3Fq%3Dbingata%26hl%3Dpt-BR%26biw%3D1280%26bih%3D656%26prmd%3Divns

*http://culturaokinawana.blogspot.com/2010/07/bingata.html

*http://www.kyohaku.go.jp/eng/dictio/data/senshoku/ryui.htm&usg=ALkJrhi17hXgLi1u_D2Zmts-QaJh-YmclQ

*http://culturaokinawana.blogspot.com/2010/07/bingata.html

*http://rrc-okinawa.com/prt/index.php?page=shop.product_details&flypage=flypage.tpl&product_id=60&category_id=8&option=com_virtuemart&Itemid=55&vmcchk=1&Itemid=55

*http://mingei-fukuda.com/eng/bingata_tachibana_basho_sp.jpg

*http://www.asovivasanshin.com/blog/?p=490

4 comentários:

  1. Luciano Nunes Higa20 de abril de 2012 18:01

    Me chamo Luciano Nunes da Filial Liberdade do Ryukyu Koku Matsuri Daiko e amo a cultura de Okinawa, seu blog é algo como uma descoberta de coisas que não sabia sobre a cultura de Okinawa.

    Parabens Karina pelo seu trabalho, amor e dedicação a cultura de seus pais e avós.

    ResponderExcluir
  2. Olá Luciano!
    Para mim o Matsuri Daiko é uma grande demonstração de como a cultura de Okinawa consegue se difundir e ao mesmo tempo manter relações entre os diversos cantos do mundo. Esse laço que une as pessoas é incrível.
    Obrigada pelo comentário! É um feedback que me faz pensar o quanto vale a pena manter o blog.

    Obrigada!

    ResponderExcluir
  3. Oi Karina!
    Encontrei o seu blog por acaso ao pesquisar desenhos de estilo bingata e achei bonito e de fácil leitura.
    Muito bacana o seu gesto de difundir a cultura de Okinawa! Parabéns pela iniciativa!!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Oi Karina!

    Após tanto tempo descobri o significado de bingata.
    Pois tive o prazer de experimentar uma hoje no Minyo no Saiten. E procurar o significado e acabei caindo aqui.

    PARABÉNS! E continue divulgando nossa cultura tão rica !
    Beijos

    ResponderExcluir